Author: Fernando Perri

Praticar sozinho ou com um instrutor?

É possível aprender yoga sozinho, através de livros? Bem, iniciemos traçando um paralelo com alguma outra atividade qualquer, como piano por exemplo, ou ainda pintura, ou talvez um esporte, digamos tênis. Seria possível aprender a jogar tênis através de um livro? Devemos sempre levar em conta que algumas pessoas nascem já com um certo talento para esta ou aquela atividade, mas de maneira geral, acho pouco provável que uma pessoa “normal” consegua aprender sozinha, os detalhes e todas as minúcias envolvidas na arte de jogar tênis. Ousaria até mesmo dizer que, dificilmente uma pessoa sensata procuraria uma livraria ao invés de um treinador, se quisesse realmente aprender a jogar tênis. Acredito que os livros podem realmente ajudar, como uma fonte inestimável de dados sobre as regras do jogo, a história do tênis no Brasil e no mundo, a biografia de grandes jogadores, etc. Mas é preciso um treinador para: ensinar os primeiros movimentos, realizar uma preparação física adequada para o seu tipo físico, e desenvolver  um programa de exercícios equilibrado para uma prática segura e saudável. É preciso um “olhar de fora” para dizer se algo está equivocado, se os movimentos,  jogadas, defesas, e demais técnicas estão melhorando com o tempo. Se o resultado for positivo, seu treinador saberá quais técnicas escolher e como reajustar seu treinamento para você continuar se desenvolvendo. Caso o resultado não seja o esperado, ele saberá...

Read More

Por que não comer carne…

“Você não pode pedir a alguém que faça o que você mesmo não faz.” Mahatma Gandhi – Político e pacifista indiano (1869 – 1948) ———————– Namaste! Sempre me perguntam por que não comer carne. Resolvi, então, responder a essa pergunta e esclarecer algumas questões. – Leiam as partes que escrevi. – Os mais interessados entrem nos links e vão descobrir coisas interessantes. (Extras) – Os que estão querendo fugir de “Maya” (ilusão) e conhecer a realidade, vejam os links no final do texto para mais informações. Bem, tem um lado muito mais sério do que apenas gosto. Não é uma questão de gostar ou não de carne, de achar o sabor ruim e ter nojo. Alguns vegetarianos não se sentem assim, até gostam do sabor da carne. É uma questão muito mais ampla. Ser vegetariano é pensar no que se faz, em como se vive, no que se come, nos outros e no planeta. Tem uma filosofia de vida envolvida: não é apenas: “Vamos fazer porque todos fazem!” Mas vou fazer porque EU acho que é o melhor para mim. Ser vegetariano é lembrar dos 3 “R’s” do meio ambiente: reduzir, reutilizar e reciclar. É querer um mundo melhor, com melhores energias, com consciência, harmonia, respeito a todos os seres e sem violência. —————————————————————————- – Como participar de campanhas contra a violência se nós ainda a praticamos de tantas...

Read More